Conecte-se conosco

Famosos e TV

Tatá Werneck diz ter perdido trabalhos por ser considerada ‘feia’

Publicado

em

Foto: Reprodução / Instagram

Tatá Werneck usou suas redes sociais para compartilhar uma história envolvendo Meryl Strep, que teria sido recusada para protagonizar o filma “King Kong” por ser “feia” e revelou ainda que também já perdeu trabalhos pelo mesmo motivo

“O mesmo aconteceu comigo e milhares de outras pessoas. Já fui chamada de feia, de gorda e em um teste um produtor disse que eu estava gorda e não sabia nada de comédia. Eu respondi: ‘Mas posso pelo menos emagrecer?’. Em duas semanas emagreci 7kg. Mas ele não apareceu mais”, contou a humorista.

E continuou: “Tempos depois me mandou mensagem perguntando se poderia participar do meu programa. Eu indiquei ele para o testes com todo amor. Eu não precisaria dar nenhuma resposta. A vida já tinha dado a maior de todas”.

Sem guardar mágoas da situação, Tatá aconselhou seus fãs a não desistirem de seus objetivos. “Ninguém pode destruir seus sonhos. Ninguém pode definir seu tamanho e seu potencial. O que aos olhos dos outros pode parecer esquisito, pode ser só a sua arte inquieta querendo existir em um mundo onde o que é diferente está fora dos padrões. E quem pode ser considerado padrão mesmo? Não existe. Somos todos diferentes. E infinitos”, concluiu.

Relato de Meryl Strep

O mesmo aconteceu comigo e milhares de outras pessoas. Já fui chamada de feia, de gorda e num teste um produtor disse que eu estava gorda e não sabia nada de comédia. Eu respondi “mas posso pelo menos emagrecer ?” Em duas semanas emagreci 7 kilos. Ele não apareceu mais. Tempos depois me mandou msg perguntando se poderia participar do meu programa. Eu indiquei ele pros testes com todo amor. Eu não precisaria dar nenhuma resposta. A vida já tinha dado a maior de todas. NINGUÉM pode destruir seus sonhos. NINGUÉM pode definir seu tamanho e seu potencial. O que aos olhos dos outros pode parecer esquisito, pode ser só a sua arte inquieta querendo existir num mundo onde o que é diferente está fora dos padrões. E quem pode ser considerado padrão mesmo? Não existe. Somos todos diferentes. E infinitos. Bom dia! Acorda que o dia tá lindo demais ❤

Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Famosos e TV

Chico Buarque e Caetano Veloso participam de ato com Haddad nesta terça

Publicado

em

Foto: Daniel Marenco/Folhapress

Artistas, intelectuais e partidos de esquerda participarão de ato da campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência na próxima terça-feira (23), a partir das 17h, nos arcos da Lapa, centro do Rio.

Batizada de “Ato da Virada”, a manifestação terá a presença de Caetano Veloso e Chico Buarque, além de artistas e militantes do setor da cultura no Rio. Gilberto Gil, que está em viagem ao exterior, enviará um vídeo de apoio.

Segundo a organização, ao menos 40 artistas já confirmaram presença no ato, que terá discursos e a possível leitura de manifesto em defesa da democracia e pelo voto na chapa de Haddad e Manuela D’Ávila (PC do B).

O evento será semelhante aos que têm ocorrido no Rio desde 2015, primeiro contra o impeachment de Dilma Rousseff, depois contra a prisão do ex-presidente Lula, mais adiante pela campanha de Haddad no primeiro turno e agora pelo apoio ao voto no petista no segundo turno.

Caetano Veloso, que apoiou Ciro Gomes (PDT) no primeiro turno, declarou voto em Haddad após o assassinato com 12 facadas do mestre de capoeira baiano Moa do Katendê, 63, depois de uma discussão de bar em Salvador em que ele teria declarado voto no PT.

Os participantes se revezarão no palco, mas não serão permitidas apresentações artísticas, apenas discursos, conforme determina a lei eleitoral, que veda a realização de showmícios ou apresentações, remuneradas ou não, de artistas em eventos de campanha. O descumprimento pode configurar propaganda irregular e abuso de poder econômico.

Entre os intelectuais confirmados estão o teólogo e escritor Leonardo Boff e o filósofo e cientista político Emir Sader. Os cineastas Luis Carlos Barreto e Cacá Diegues também estarão na manifestação, assim como o ato Herson Capri. Partidos reunidos no Rio em torno de uma frente democrática, como PSD, PSB, PDT, PV, PSOL, também enviarão representantes.

Continue lendo
Publicidade

Últimas

Publicidade

Mundo

Esportes

Destaques

© 2018 UNIVERSO NEWS