Conecte-se conosco

Tecnologia

Rússia testa com sucesso seu novo míssil hipersônico de alta precisão

Publicado

em

📷 Sputnik / Ildus Gilyazutdinov

Rússia realizou um teste de lançamento do míssil hipersônico de alta precisão Kinzhal, disse o Ministério da Defesa em um comunicado neste domingo (horário local).

“A tripulação de um caça MiG-31 da Força Aeroespacial Russa realizou um teste de lançamento do míssil hipersônico de alta precisão Kinzhal”, informou a nota.

Também é relatado que o míssil, de localização aérea, atingiu um alvo designado em um polígono militar.

“O teste foi bem sucedido e o projétil atingiu um alvo instalado em um polígono militar”, apontou o texto.

O Ministério da Defesa também enfatiza que as equipes do caça MiG-31, equipadas com o míssil Kinzhal, realizaram mais de 250 voos de treinamento até o momento este ano.

“Desde o início de 2018, as tripulações do caça interceptador MiG-31 armado com o míssil Kinzhal realizaram mais de 250 voos, de acordo com o plano de treinamento militar nas unidades da Força Aeroespacial Russa”, completou o comunicado.

O departamento militar russo também revelou que o caça MiG-31 havia decolado de um aeródromo no território do distrito militar do sul russo e que o teste confirmou as características táticas e técnicas do sistema Kinzhal.

O Ministério da Defesa enfatiza que as características do novo míssil — e também as do caça MiG-31 — permitem que ele seja “invisível” para os radares do inimigo potencial.

Kinzhal (‘Punhal’ em russo) se move 10 vezes mais rápido do que o som e executa manobras ao longo de sua trajetória.

Durante o recente discurso do presidente russo, Vladimir Putin, ante da Assembleia Federal, foram exibidos vários vídeos sobre as análises de novas armas russas, incluindo o míssil hipersônico do local aéreo Kinzhal.

Putin disse que o míssil pode evadir todos os sistemas de defesa antimísseis antiaéreos existentes e em desenvolvimento, podendo mover as ogivas nucleares ou não nucleares para distâncias de até 2.000 quilômetros.

  •  Sputnik Brasil.
Continue lendo
Comentários

Tecnologia

Facebook está construindo cabo submarino que liga Brasil e Argentina

Publicado

em

Foto: Dado Ruvic/Reuters

Facebook e a operadora Globenet estão providenciando a conexão entre Brasil e Argentina por meio de um novo cabo submarino de 2.500 quilômetros de extensão.

Chamado de Malbec, o cabo deve entrar em funcionamento em 2020 e terá três pontos de conexão com a superfície: no Rio, em Praia Grande (SP) e em Las Toninas, na Argentina.

De acordo com o ‘Olhar Digital’, a construção já começou. A instalação ficará a cargo da Alcatel Submarine Technologies.

Contudo, a capacidade do Malbec ainda não foi divulgada. Sabe-se que a estrutura terá seis pares de fibra ópticas, o que corresponde ao dobro da capacidade de conexão internacional da Argentina atualmente.

Após a instalação, a Globenet deve vender a capacidade para OTTs, empresas prestadoras de serviços de nuvem e telecomunicações. Estima-se que o percentual de argentinos com acesso à internet salte de 79% para 95% até o final de 2019.

Continue lendo
Ad

Facebook

Ad

Brasil

Mundo

Mais Vistas