Início Tecnologia Rússia testa com sucesso seu novo míssil hipersônico de alta precisão

Rússia testa com sucesso seu novo míssil hipersônico de alta precisão

283

Rússia realizou um teste de lançamento do míssil hipersônico de alta precisão Kinzhal, disse o Ministério da Defesa em um comunicado neste domingo (horário local).

“A tripulação de um caça MiG-31 da Força Aeroespacial Russa realizou um teste de lançamento do míssil hipersônico de alta precisão Kinzhal”, informou a nota.

Também é relatado que o míssil, de localização aérea, atingiu um alvo designado em um polígono militar.

“O teste foi bem sucedido e o projétil atingiu um alvo instalado em um polígono militar”, apontou o texto.

O Ministério da Defesa também enfatiza que as equipes do caça MiG-31, equipadas com o míssil Kinzhal, realizaram mais de 250 voos de treinamento até o momento este ano.

“Desde o início de 2018, as tripulações do caça interceptador MiG-31 armado com o míssil Kinzhal realizaram mais de 250 voos, de acordo com o plano de treinamento militar nas unidades da Força Aeroespacial Russa”, completou o comunicado.

O departamento militar russo também revelou que o caça MiG-31 havia decolado de um aeródromo no território do distrito militar do sul russo e que o teste confirmou as características táticas e técnicas do sistema Kinzhal.

O Ministério da Defesa enfatiza que as características do novo míssil — e também as do caça MiG-31 — permitem que ele seja “invisível” para os radares do inimigo potencial.

Kinzhal (‘Punhal’ em russo) se move 10 vezes mais rápido do que o som e executa manobras ao longo de sua trajetória.

Durante o recente discurso do presidente russo, Vladimir Putin, ante da Assembleia Federal, foram exibidos vários vídeos sobre as análises de novas armas russas, incluindo o míssil hipersônico do local aéreo Kinzhal.

Putin disse que o míssil pode evadir todos os sistemas de defesa antimísseis antiaéreos existentes e em desenvolvimento, podendo mover as ogivas nucleares ou não nucleares para distâncias de até 2.000 quilômetros.

  •  Sputnik Brasil.