Conecte-se conosco

Esportes

Presidente do PSG virá ao Brasil para convencer Neymar a ficar, diz TV

Publicado

em

📷 Christian Hartmann/Reuters

O mistério sobre a permanência de Neymar no Paris Saint-Germain, que estaria em xeque devido a uma insatisfação do jogador e teria se agravado após a eliminação dos franceses nas oitavas de final da Liga dos Campeões, vai mobilizar até o presidente do clube.

De acordo com o “Telefoot”, programa do canal de TV francês TF1, Nasser Al Khelaifi viajará para o Brasil nesta semana acompanhado de Antero Henrique, diretor esportivo do PSG, para convencer Neymar a permanecer em Paris e, desta forma, manter forte o projeto do clube de estabelecer uma soberania no futebol europeu.

Neymar está em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, onde se recupera de uma cirurgia para corrigir a fissura no quinto metatarso do pé direito, realizada há oito dias. A previsão para o retorno aos gramados é de até três meses.

Anunciado como reforço em agosto de 2017, a transferência de Neymar para o PSG é a mais cara da história do futebol, por 222 milhões de euros (cerca de R$ 888 milhões na cotação atual). O atacante brasileiro tem contrato até junho de 2022.

A imprensa espanhola especula que Neymar, insatisfeito com a falta de competitividade dos franceses no cenário europeu, pensa em se transferir para o Real Madrid. Nesta semana, o jornal catalão “Mundo Deportivo” publicou que o brasileiro teria pedido para voltar ao Barcelona.

Continue lendo
Comentários

Esportes

Bahia vence Botafogo e abre vantagem na Sul-Americana

Publicado

em

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia fez valer o mando de campo e venceu o Botafogo por 2 a 1, nesta quinta-feira (20), em Salvador. A primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, no entanto, poderia ter sido diferente, já que o time carioca perdeu inúmeras chances de gol.

Além de acertar a trave duas vezes, Douglas fez grandes defesas e foi o nome do jogo. Ramires, Clayton marcaram os gols do Bahia, enquanto Rodrigo Pimpão descontou para o Botafogo.

Os times decidem quem avançará para as quartas de final da competição no dia 3 de outubro, no Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro. O Bahia tem a vantagem de atuar pelo empate, enquanto o Botafogo precisa ganhar por 1 a 0 para avançar. O ganhador do duelo encara Atlético-PR ou Caracas nas quartas.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Botafogo volta a campo no domingo, às 16h, novamente em Salvador, contra o Vitória. Já o Bahia encara o Vasco, na segunda-feira, em São Januário.

O Bahia precisou de somente quatro minutos para abrir o placar na Fonte Nova. E o gol foi marcado justamente por uma das revelações do time, que já virou o novo xodó da torcida. Ramires aproveitou confusão na entrada da área e soltou o pé esquerdo para vencer Diego e estufar as redes.

Após a pressão inicial do Bahia, o Botafogo conseguiu ficar mais com a bola e chegar ao campo de ataque. Aos 20min, o empate quase saiu em cobrança de falta. Rabello brigou pela boa e viu Nino Paraíba se antecipar e quase fazer contra. Sorte que Douglas fez grande defesa e evitou a igualdade.

Após Douglas evitar gol de empate, o Botafogo voltou ao ataque e por muito pouco não fez o gol. Em cobrança de escanteio, a bola foi no primeiro pau. Rodrigo Lindoso não alcançou, mas Brenner fez o desvio e viu a bola sair pelo lado esquerdo. Douglas nada fez, só olhou.

O Bahia terminou o primeiro tempo com a vitória parcial de 1 a 0. O placar, no entanto, não mostrou o que foi o jogo. O Botafogo teve muitas oportunidades para marcar, mas faltou qualidade na finalização.

Duas delas chegaram bem próximas, mas acertaram a trave. Brenner e Pimpão foram os responsáveis por deixar a torcida com o grito de gol travado.

A pressão do Botafogo seguiu após o intervalo. Aos 10min, foi a vez de Lucas Fonseca salvar o Bahia tirando bola em cima da linha. Lindoso recebeu belo passe de Bochecha e rolou para Rabello, que chutou em cima da zaga. Na sobra, Marcelo Benevenuto completou e viu o zagueiro rival evitar o empate.

Enquanto o Botafogo perdia muitos gols, o Bahia era cirúrgico. Fez dois gols nas três chances que teve no duelo. O segundo gol foi marcado por Clayton em uma falha de Diego. O atacante desviou de cabeça e viu o goleiro alvinegro colocar a bola para o fundo das redes, aos 14min.

O Botafogo finalmente conseguiu fazer seu gol quando a situação ficava cada vez mais complicada. A reação veio dos pés de Pimpão, que venceu Douglas e estufou as redes dois minutos depois do Bahia ampliar, definindo o placar na Fonte Nova.

BAHIA

Douglas; Nino Paraiba, Douglas Grolli, Lucas Fonseca (Everson), Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael (Vinicius), Ramires; Clayton (Júnior Brumado), Edigar Júnio.

T.: Enderson Moreira

BOTAFOGO

Diego; Luis Ricardo, Marcelo Benevenuto, Rabello, Gilson; Jean (Aguirre), Lindoso, Bochecha, Leo Valencia (Luiz Fernando); Pimpão, Brenner. T.: Zé Ricardo

Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Juiz: Piero Maza (CHI)

Cartões amarelo: Jean, Igor Rabello e Bochecha (Botafogo); Gregore e Nino Paraíba (Bahia)

Cartão vermelho: Léo Pelé (Bahia)

Gols: Ramires, aos 4min do primeiro tempo, e Clayton, aos 14min do segundo tempo (Bahia); Pimpão, aos 16min do segundo tempo (Botafogo).

Continue lendo
Ad

Facebook

Ad

Brasil

Mundo

Mais Vistas