Conecte-se conosco

Brasil

Petrobras anuncia venda da refinaria de Pasadena

Publicado

em

Foto: Divulgação / Agência Petrobras

A Petrobras anunciou hoje (6) o início do processo de venda da sua refinaria de Pasadena, localizada no Texas, Estados Unidos. Por meio de sua afiliada Petrobras America Inc (PAI), a companhia iniciou a etapa de divulgação da oportunidade, com um teaser (técnica de marketing) para chamar a atenção para a venda da unidade.

De acordo com a petroleira, além da refinaria, a oportunidade inclui todo o sistema de operações de refino de Pasadena. A refinaria tem capacidade de processamento de 110 mil barris de petróleo por dia e capacidade de armazenamento de 5,1 milhões de barris do produto e derivados. O anúncio se estende ainda ao terminal marítimo, à logística e aos estoques associados, além de um terreno estrategicamente localizado no canal marítimo de acesso à cidade de Houston (Houston Ship Channel), para oportunidades de expansão futura.

Conforme a Petrobras, com a transação está prevista a alienação da participação da PAI nas empresas Pasadena Refining System, Inc, PRSI Trading LLC e PRSI Real Property Holdings LLC.

Segundo a companhia, o teaser, que descreve as principais informações sobre a oportunidade e os critérios objetivos para a seleção de potenciais participantes no processo, pode ser consultado no site da Petrobras.

Entre a divulgação da oportunidade e o fechamento da operação, chamada de closing, a empresa terá outros quatro estágios a seguir: Início da fase não-vinculante (quando for o caso); Início da fase vinculante; Concessão de exclusividade para negociação (quando for o caso); e Aprovação da transação pela alta administração (Diretoria Executiva e Conselho de Administração) e assinatura dos contratos.

A Petrobras informou que a divulgação ao mercado feita hoje está alinhada à sistemática para os desinvestimentos da Petrobras e às orientações do Tribunal de Contas da União.

Continue lendo
Comentários

Brasil

Brasil ocupa 13º lugar entre países com mais multimilionários

Publicado

em

Foto: Pixabay

agência imobiliária e consultoria de propriedades comerciais britânicas Knight Frank LLP faz, desde 2009, rankings anuais sobre os países onde vivem os multimilionários. O mais recente levantamento mostra que o Brasil ocupa o 13º lugar neste ranking – e é o único país da América Latina na lista.

Se você está se perguntando quem são os multimilionários, saiba que estamos falando de quem tem uma fortuna superior a US$ 500 milhões (R$ 1,9 bilhões).

Os países que reúnem mais multimilionários são: Estados Unidos, China, Alemanha, Japão, Hong Kong, Canadá, Suíça, França, Rússia, a Comunidade dos Estados Independentes (CIS, que reúne ex-repúblicas soviéticas) e o Reino Unido.

De acordo com o G1, o Brasil conta com 130 multimilionários e, entre 2016 e 2017, este número cresceu 18%. O empresário João Paulo Lehmann, fundador da Ambev e o banqueiro Joseph Safra são alguns dos ultrarricos do país.

Continue lendo
Ad

Facebook

Brasil

Ad

Mundo

Mais Vistas