Conecte-se conosco

Brasil

Petrobras anuncia venda da refinaria de Pasadena

Publicado

em

Foto: Divulgação / Agência Petrobras

A Petrobras anunciou hoje (6) o início do processo de venda da sua refinaria de Pasadena, localizada no Texas, Estados Unidos. Por meio de sua afiliada Petrobras America Inc (PAI), a companhia iniciou a etapa de divulgação da oportunidade, com um teaser (técnica de marketing) para chamar a atenção para a venda da unidade.

De acordo com a petroleira, além da refinaria, a oportunidade inclui todo o sistema de operações de refino de Pasadena. A refinaria tem capacidade de processamento de 110 mil barris de petróleo por dia e capacidade de armazenamento de 5,1 milhões de barris do produto e derivados. O anúncio se estende ainda ao terminal marítimo, à logística e aos estoques associados, além de um terreno estrategicamente localizado no canal marítimo de acesso à cidade de Houston (Houston Ship Channel), para oportunidades de expansão futura.

Conforme a Petrobras, com a transação está prevista a alienação da participação da PAI nas empresas Pasadena Refining System, Inc, PRSI Trading LLC e PRSI Real Property Holdings LLC.

Segundo a companhia, o teaser, que descreve as principais informações sobre a oportunidade e os critérios objetivos para a seleção de potenciais participantes no processo, pode ser consultado no site da Petrobras.

Entre a divulgação da oportunidade e o fechamento da operação, chamada de closing, a empresa terá outros quatro estágios a seguir: Início da fase não-vinculante (quando for o caso); Início da fase vinculante; Concessão de exclusividade para negociação (quando for o caso); e Aprovação da transação pela alta administração (Diretoria Executiva e Conselho de Administração) e assinatura dos contratos.

A Petrobras informou que a divulgação ao mercado feita hoje está alinhada à sistemática para os desinvestimentos da Petrobras e às orientações do Tribunal de Contas da União.

Continue lendo
Ad
Comentários

Brasil

Bloqueios caem 80% em rodovias paulistas após acordo, diz governo

Publicado

em

Foto: Leonardo Benassatto/Reuters

governo de São Paulo mapeou uma redução de 80% nas interrupções de rodovias desde que se sentou com caminhoneiros para negociar o fim da greve no estado.

Em boletim da Artesp obtido pela Folha de S.Paulo, foi identificada uma manifestação de caminhoneiros a menos no estado.

Ao meio dia, foram localizados 34 pontos, dois a mais em relação ao boletim das 11h.

Há uma interdição total de via e quatro parciais. As demais manifestações são feitas no acostamento, gramado, canteiro lateral e postos de serviços das vias.

Leia também:  Anistia Internacional condena uso de força contra caminhoneiros

O Tribunal de Justiça anunciou que mantém a suspensão de prazos processuais nesta segunda-feira (28). O expediente se encerrará às 17h.

RESTRIÇÃO

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou na manhã deste domingo (27) a publicação de um decreto neste domingo (27) que suspende a restrição de circulação de caminhões até o próximo domingo. A medida, segundo ele, atende um pedido do governador Marcio França (PSB). O decreto vale a partir deste domingo, segundo a prefeitura.

“Espera-se que, com o fim da manifestação, que a gente possa ter uma circulação maior, que o abastecimento da cidade possa voltar à normalidade dentro desta semana”, disse, sobre a restrição aos caminhões.

O rodízio de veículos também está suspenso nesta segunda, mas não há garantia se voltará na terça.

Continue lendo
Ad

Facebook

Brasil

Ad

Mundo

Mais Vistas