Conecte-se conosco

Pará / Santarém

Navio carregado de containers colide com balsa no Rio Amazonas, (Fotos e Vídeo)

Publicado

em

Nesta quarta-feira (2/8), por volta das 4h30, um comboio formado por um empurrador e nove balsas da empresa Bertolini, naufragou no Rio Amazonas após colidir em um navio carregado de containers da empresa Mercosul, que seguia para Manaus. O acidente aconteceu próximo aos municípios de Juruti e Óbidos, região oeste do Pará.

De acordo com a Capitania Fluvial de Santarém, no empurrador haviam 11 pessoas. Ao menos nove estão desaparecidas e duas conseguiram se salvar. Ainda segundo a Capitania, o empurrador seguia no sentido oposto quanto colidiu com o navio.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros, incluindo mergulhadores, seguiu de Santarém para iniciar buscas aos desaparecidos. A Capitania Fluvial também seguiu com uma equipe para o local e informou que vai abrir um inquérito para investigar as causas do acidente.

O navio está parado no local do acidente com duas balsas presas na proa da embarcação. Outras balsas estão à deriva, segundo informou a Capitania Fluvial. O local do acidente fica cerca de uma hora de barco do porto de Óbidos.

Até o momento as empresa Mercosul e Bertolini não se pronunciaram sobre o acidente.

Continue lendo
Ad
Comentários

Pará / Santarém

Pessoas com câncer e renais crônicos ganham gratuidade nos ônibus de Santarém

Publicado

em

Foto: Mauro Nayan

O prefeito de Santarém Nélio Aguiar sancionou nesta segunda-feira, 21, Projeto de Lei – de autoria do próprio Poder Executivo – que institui o passe livre com gratuidade nas passagens de ônibus para os doentes renais crônicos e com câncer, comprovadamente carentes no Município. A gratuidade será oferecida em todos os dias e horários da semana, sem limite diário de viagens.

“O nosso principal objetivo nesta gestão é cuidar das pessoas que vivem em Santarém. Essa lei vem justamente para isso, dar um pouco mais de conforto e facilidade de locomoção para esses pacientes que já enfrentam uma rotina difícil”, argumentou o gestor.

O PL foi enviado para apreciação da Câmara de Vereadores no final de 2017. Agora, sancionado, a iniciativa do executivo será de responsabilidade da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT). A instituição do passe livre só será efetuada mediante apresentação de documentos e laudo médico emitido por especialista, contendo indicações sobre a doença.

Documentos necessários:
• Certidão de nascimento ou outro documento de identidade;
• Fotografia 2×3
• Comprovante de residência no Município, devidamente atualizado;
• Laudo médico obtido por especialista contendo indicações sobre a doença e CID – 10;
• Relatório social ou Cadastro Único emitido pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social do Município.

A lei esclarece ainda que são considerados doentes renais crônicos: portadores diagnosticados com moléstia renal grave com prescrição contínua de diálise e hemodiálise e transplantados renais. Consideram-se pacientes com câncer os portadores da neoplasma maligna.

Continue lendo
Ad

Facebook

Brasil

Ad

Mundo

Mais Vistas