conecte-se conosco

Mundo Surreal

Ladrão rouba 800 metros de estrada em uma noite na China

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um ladrão audacioso conseguiu roubar cerca de 800 metros de pavimento em uma estrada da China, em apenas uma noite, para revender o concreto.

O estranho caso ocorreu na Vila de Sankeshu, na província de Jiangsu, na última semana.

De acordo com o China News Service, moradores da região ligaram desconfiados para a polícia para informar sobre o desaparecimento do material que cobria uma estrada da localidade, mesmo considerando a hipótese de se tratar de um trabalho de renovação.

Rapidamente, as autoridades perceberam o que tinha acontecido.

Segundo a agência AFP, um cidadão, precisando de dinheiro, decidiu alugar uma retroescavadeira para cortar o pavimento e levar os pedaços de concreto a uma loja de materiais de construção, onde conseguiu cerca de 640 euros pelo produto.

Em entrevista a órgãos de mídia locais, o sujeito disse ter visto uma grande oportunidade de negócios, uma vez que a estrada em questão estava sendo pouco utilizada.

“Mais ninguém passava por aqui. Então, por que não recuperar uns pedaços de concreto para ganhar um pouco de dinheiro?”, indagou o ladrão.

Anúncio

Mundo Surreal

China pretende proibir shows de strippers em enterros

Publicado

em

Foto: Reprodução

Uma inusitada tradição nas províncias de Henan, Anhui, Jiangsu e Hebei pode estar com os dias contados. O Ministério da Cultura da China decidiu combater a apresentação de strippers em enterros no interior país.

Foto: Reprodução/Weibo

Famílias em zonas rurais do país mais populoso do mundo apelam a strippers a fim de aumentar o número de presentes no enterro de entes queridos. Funerais cheios ajudam o espírito do falecido, segundo a crença local. Mas o governo da China classifica as apresentações como atos de “decadência moral e cultural”.

Foto: Reprodução/Weibo

A população das províncias onde a prática se tornou popular está sendo incentivada, com prêmio em dinheiro, a denunciar velórios com dançarinas eróticas, consideradas “degradantes, obscenas e vulgares”. Há uma linha telefônica especial para as denúncias, contou o “Global Times”

Foto: AFP

Esta é a terceira vez – e a mais vigorosa – que o governo de Pequim decide combater a prática.

Strippers também costumam ser contratadas para shows em casamentos e eventos em templos na China.

Veja a galeria de fotos:

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Brasil

Ciência

Mundo

Anúncio

Mais Lidas