conecte-se conosco

Cinema e Séries

‘Jumanji: Bem-vindo à selva’ lidera bilheterias americanas pela 3ª semana seguida

Publicado

em

O novo “Jumanji: Bem-vindo à selva” segurou a liderança nas bilheterias americanas pelo terceiro fim de semana seguido.

O filme estrelado por Dwayne Johnson e Jack Black somou mais US$ 20 milhões à sua arrecadação total de US$ 315 milhões nos Estados Unidos desde sua estreia no país, no dia 20 de dezembro de 2017.

Já as estreias da semana também conseguiram bons resultados e fecharam o top 3.

“12 heróis”, protagonizado por Chris Hemsworth, conseguiu o segundo lugar com US$ 16,5 milhões. Pouco atrás ficou “Covil de ladrões”, com Gerard Butler, que arrecadou US$ 15,3 milhões.

“Star Wars: Os últimos Jedi”, se tornou o sexto filme na história dos EUA a ultrapassar a marca dos US$ 600 milhões dentro do país, ao somar mais US$ 6,5 milhões e ficar com a oitava colocação.

Com quase US$ 1,3 bilhão arrecadados em todo o mundo desde sua estreia, a produção se torna a nona maior bilheteria mundial de todos os tempos.

Anúncio

Cinema e Séries

“A Forma da Água”: por que filme favorito ao Oscar está sendo acusado de plágio?

Publicado

em

Foto: Fox Searchlight Pictures

Líder em indicações em Oscar 2018, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, “A Forma da Água” foi acusado de plágio na justiça. A denúncia foi apresentada por David Zindel, filho do escritor Paul Zindel, autor de uma peça chamada “Let Me Her You Whisper”, da década de 1960. Não só o cineasta Guillermo Del Toro, mas também a Fox e o produtor do filme, Daniel Kraus, são alvos da ação.

A peça de Zindel é ambientada na Guerra Fria e narra a história de uma mulher solitária que trabalha em um centro de pesquisas. Com o tempo, ela começa a criar um laço com um golfinho, que se comunica apenas com ela e a quem ela decide salvar dos maus tratos dos cientistas.

Esta é basicamente mesma trama de “A Forma da Água”, que conta a história de Elisa, uma mulher muda que se apaixona por uma criatura fantástica, mantida em um laboratório do governo americano.

Foto: Fox Searchlight Pictures

Para David Zindel, é um choque que “um estúdio deste porte faça um filme tão parecido com o trabalho de Paul sem consultar a família sobre direitos autorais”. Na acusação registrada, Zindel argumenta que o filme é claramente derivado de “Let Me Her You Whisper”.

Defesa

Em comunicado oficial, a Fox afirmou que entrará com uma moção para que a corte da Califórnia não prossiga com o caso. De acordo com a empresa, as acusações são infundadas. “A queixa parece ter sido feita para nos pressionar durante a votação do Oscar. A Fox defenderá vigorosamente este filme original e inovador”, afirma o comunicado.

Em entrevista ao Deadline, Guillermo Del Toro afirmou que nunca havia ouvido falar da peça e que nenhum de seus produtores a mencionou durante a criação da história. “Escrevo roteiros há 25 anos e nunca tive problemas em expor minhas referências e influências. Sempre fui aberto em relação a coisas que amo e a discutir como elas aparecem em meus filmes”, disse.

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Brasil

Ciência

Mundo

Anúncio

Mais Lidas