Conecte-se conosco

Tecnologia

Hashtag #FraudeNasUrnasEletrônicas viraliza no Twitter

Publicado

em

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

hashtag #FraudeNasUrnasEletrônicas esteve entre as dez mais postadas no Twitter durante a tarde deste domingo, 7. Até as 18 horas, o tópico estava em segundo lugar no ranking nacional, com quase 70 mil tuítes. A tag marcou também a quinta colocação nas paradas mundiais do site.

Alguns tweets que acompanham a hashtag contêm fotos e vídeos sobre supostos problemas de digitação na urna eletrônica. Em entrevista coletiva no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, negou que tenha havido problemas com as urnas nos locais de votação.

“As urnas estão funcionando e estão funcionando bem. Não há um registro de uma urna que tenha dado problema e que não tenha sido prontamente corrigida”, disse.

Continue lendo
Comentários

Tecnologia

Facebook vai punir quem espalhar mentiras na rede social nas eleições

Publicado

em

Uma das redes sociais mais usadas no país decidiu implantar mais ferramentas para combater a desinformação. O Facebook anunciou nesta semana que uma nova ferramenta, que pune quem espalha boatos na rede social, está funcionando no Brasil. A partir de agora, é possível selecionar a opção “Informações de votação incorretas” ao denunciar um conteúdo. Veja como funciona:

Ao encontrar uma publicação com informações falsas, o usuário deve clicar no botão com três pontos na vertical e selecionar a opção “Dar feedback sobre essa publicação”. Depois, basta selecionar a opção das eleições.

A rede social explica que a ferramenta deve ser usada quando o usuário encontrar ”distorções sobre as maneiras de votar, como solicitações para que você vote via mensagem de texto e declarações não-oficiais sobre contagem de votos”. O Facebook ressalta, no entanto, que em alguns casos o conteúdo “pode exigir uma revisão adicional”.

Punição

Se a denúncia for aceita, o conteúdo falso terá seu alcance reduzido, ou seja, menos pessoas terão acesso a ele. Além disso, a postagem será acompanhada por informações verdadeiras elaboradas pelos parceiros da rede social na checagem de fatos.

“Identificamos e removemos contas falsas antes das eleições na França, Alemanha, Alabama, México e Brasil. Descobrimos e removemos campanhas de influência estrangeira da Rússia e do Irã tentando interferir nos EUA, Reino Unido, Oriente Médio e outros lugares – bem como em grupos no México e no Brasil que atuam em seu próprio país”, explica a rede social. Com informações / Yahoo.

Continue lendo
Publicidade

Últimas

Publicidade

Mundo

Esportes

Destaques

© 2018 UNIVERSO NEWS