Conecte-se conosco

Pará / Santarém

Fiscalização da Semas apreende madeira e interdita serrarias

Publicado

em

📷 Ascom | Semas

A interdição de serrarias clandestinas e apreensão de quase 3,5 mil metros cúbicos de madeira em toras, de várias espécies, foi o resultado da fiscalização feita pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), no município de Santa Luzia do Pará, nordeste do Estado, na quarta-feira (7). O flagrante ocorreu depois de uma investigação da equipe de fiscais da Semas, que detectou a atividade ilícita no município.

Quatro serrarias funcionavam totalmente irregulares na localidade de Vila Nazaré, em Santa Luzia. As serrarias não estão inscritas no sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais (Ceprof), da Semas; não têm licença ambiental de operação e nem alvará de funcionamento, documentos indispensáveis à legalização da exploração florestal.

Angelim, maçaranduba e guajará estão entre as espécies, de alto valor comercial, apreendidas pelos fiscais ambientais durante a operação, que teve apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). O Estado é o fiel depositário do bem apreendido, e esse material vai ser destinado para doação ou leilão.

O diretor de Fiscalização da Semas, Jorge Antonio Dias, avaliou que as operações da Secretaria têm eficácia a partir de um trabalho conjunto com o Centro de Monitoramento Ambiental (Cimam) e apoio de outros órgãos estaduais e municipais. “As ações de combate a ilícitos ambientais permanecem por todo o ano, em todas as regiões do Pará, interinstitucional e através de monitoramento permanente para o êxito das operações”, informou

Pará / Santarém

Caixa inicia pagamento do FGTS para vítimas de enxurrada em Santarém

Publicado

em

Foto: Divulgação

Caixa Econômica Federal iniciou quinta-feira (21), o atendimento para o pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores residentes em Santarém que foram vítimas de enxurradas no início do ano.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Darlison Maia, os atendimentos para liberação do FGTS acontecem no período de 21 de junho a 4 de julho de 2018, em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, no horário de expediente das 10h às 15h, de segunda a sexta-feira. O valor do saque será equivalente ao saldo existente na conta vinculada, limitado a R$ 6.220,00. “Nós credenciamos 211 famílias e a Caixa Econômica está liberando o pagamento para aquelas pessoas que foram afetadas pelas chuvas e que estão dentro dos critérios estabelecidos pela Defesa Civil Municipal e pela agência bancária. É importante ressaltar que para receber o benefício a pessoa precisa ter saldo no FGTS”, explicou o Coordenador Municipal da Defesa Civil Darlison Maia.

O trabalhador poderá solicitar a liberação do FGTS apresentando os documentos necessários para saque (originais e cópias): Carteira de Identidade (RG); Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS); comprovante de residência com data anterior a decretação da calamidade ou comprovante de endereço por Declaração emitida pela Prefeitura, em papel timbrado, datada e assinada pela autoridade competente, onde ateste que o trabalhador é residente da área atingida. Com informações do É Notícia Santarém

Continue lendo
Ad

Facebook

Brasil

Ad

Mundo

Mais Vistas