Conecte-se conosco

Santarém

Dados do HMS aponta que 80% dos acidentes de trânsito em Santarém são provocado por motos

Publicado

em

? Divulgação

Dados do Hospital Municipal de Santarém (HMS) apontam que, de janeiro a abril de 2018, a unidade atendeu cerca de 441 pessoas vítimas de acidentes de trânsito. Dessas, 354 foram vítimas de acidente envolvendo motocicletas, cerca de 80,27%. Além disso, a maioria desses acidentes são provocados por imprudência de motoristas e pedestres.

Não bastasse o prejuízo aos cofres públicos ocasionado pelo número de atendimentos diários a essas vítimas, os acidentados também ocupam vagas de outros pacientes. Só no mês de abril o hospital atendeu 124 vítimas de acidentes no trânsito, 99 envolveram motociclistas. Esses pacientes concorrem com pacientes que sofrem de outras patologias e também necessitam de atendimento médico, mas deixam de ser atendidos quando um acidentado dá entrada no hospital.

Segundo o ortopedista Paulo Pires, as vítimas de acidentes que dão entrada no HMS, geralmente necessitam de atendimento de urgência e emergência, por este motivo, entram no grupo de prioridades, deixando os outros pacientes na fila de espera. “Esses pacientes necessitam de procedimentos que vão desde os simples ao mais grave, como são os casos cirúrgicos e de UTI, por isso devem ser atendidos imediatamente”, ressaltou.

Diariamente, o Hospital Municipal atende de 8 a 9 vítimas de acidentes de trânsito. Dados do hospital apontam que a maioria das vítimas são jovens. Além de Santarém, o HMS também atende os 21 municípios da região do Baixo Amazonas.

Veja os dados abaixo com o número de pessoas vítimas de acidentes de trânsito que deram entrada no HMS de janeiro a abril desse ano.

Atendimento de vitimas de acidentes de Trânsito no HMS
Dados de Janeiro a Abril de 2018.
  • Acidente Moto: 80,27 %
  • Acidente Carro: 9,75 %
  • Acidente Ciclista: 2,95 %
  • Acidente Atropelamento: 2,04 %
  • Acidente não Especificado: 2,27 %
  • Acidente entre Carro e Moto: 2,72 %

* Com informações do HOSPUB / HMS

Continue lendo
Comentários

Santarém

Público lota a Casa da Cultura para o Concerto de aniversário da Orquestra Filarmônica

Publicado

em

Foto: Mauro Nayan

O auditório da Casa da Cultura lotou na noite de noite de sexta-feira (19) durante Concerto  que comemorou os 5 anos da Orquestra Filarmônica de Santarém (OFS). Aproximadamente 400 pessoas prestigiaram. A apresentação contou com as participações especiais dos artistas locais: Alexandre Escher, Cristina Caetano, Carlos Lemos, Nychow Moore e Priscila Moreira.

O Concerto relembrou apresentações realizadas durante os cinco anos de atividade da insituição. Dentre elas, os Concertos Sinfônicos The Beatles e Legião. Relembrou ainda a apresentação inédita da Orquestra e Banda no 31º Festival Internacional de Música do Pará (Fimupa) no mês de junho deste ano, no Theatro da Paz, na capital paraense e ainda as grandes parceiras com cantores locais.

A OFS é um dos segmentos da Filarmônica Municipal de Santarém, segundo o secretário municipal de cultura, Luís Alberto Figueira, isso é resultado de todo um trabalho conjunto do governo municipal e direção deste segmento da arte da música. “Por isso eu agradeço ao prefeito pela sensibilidade cultural que apoia proporcionar essa atividade. Cultura é fundamental para o ser humano. Liberta a alma, acalanta o nosso sentimento, e ficamos felizes pela Filarmônica municipal neste trabalho junto a Orquestra Filarmônica de Santarém e demais segmentos a proporcionar esse momento de alegria e bem estar a população santarena”, destacou o titular da pasta da cultura no município.

O diretor da FMPJA Adson Wender diz que a participação dos artistas os honra.  “Estar com esses artistas é uma honra para todos nós e também engradece a valorização do público, com a maciça presença e isso é nosso maior presente. Ficamos gratos ao apoio do governo municipal”.

A cantora e compositora santarena Cristina Caetano destacou o merecimento da Orquestra Filarmônica de Santarém, sempre aprovadíssima pelo público. “É uma grande Festa, cinco anos de trabalho árduo desses músicos, nós que trabalhamos com a Cultura sabemos que não é fácil sozinho, imagine conduzir um grupo. Mas eles conseguiram e estão ganhando mais espaços e agora comemoram os cinco anos. Como artista convidada, sinto-me na obrigação de aceitar porque acabamos fazendo parte disso tudo e temos que agradecer por tantos jovens envolvidos e isso é muito bonito”, destacou a artista.

A orquestra Filarmônica de Santarém foi criada em outubro de 2013, composta por 40 músicos, nas execuções dos instrumentos de corda, percussão e sopro. Apresentaram-se ainda na noite, na abertura, a Banda da Academia Filarmônica.

Veja algumas fotos:

Continue lendo
Publicidade

Últimas

Publicidade

Mundo

Esportes

Destaques

© 2018 UNIVERSO NEWS