Conecte-se conosco

Pará / Santarém

Dados do HMS aponta que 80% dos acidentes de trânsito em Santarém são provocado por motos

Publicado

em

📷 Divulgação

Dados do Hospital Municipal de Santarém (HMS) apontam que, de janeiro a abril de 2018, a unidade atendeu cerca de 441 pessoas vítimas de acidentes de trânsito. Dessas, 354 foram vítimas de acidente envolvendo motocicletas, cerca de 80,27%. Além disso, a maioria desses acidentes são provocados por imprudência de motoristas e pedestres.

Não bastasse o prejuízo aos cofres públicos ocasionado pelo número de atendimentos diários a essas vítimas, os acidentados também ocupam vagas de outros pacientes. Só no mês de abril o hospital atendeu 124 vítimas de acidentes no trânsito, 99 envolveram motociclistas. Esses pacientes concorrem com pacientes que sofrem de outras patologias e também necessitam de atendimento médico, mas deixam de ser atendidos quando um acidentado dá entrada no hospital.

Segundo o ortopedista Paulo Pires, as vítimas de acidentes que dão entrada no HMS, geralmente necessitam de atendimento de urgência e emergência, por este motivo, entram no grupo de prioridades, deixando os outros pacientes na fila de espera. “Esses pacientes necessitam de procedimentos que vão desde os simples ao mais grave, como são os casos cirúrgicos e de UTI, por isso devem ser atendidos imediatamente”, ressaltou.

Diariamente, o Hospital Municipal atende de 8 a 9 vítimas de acidentes de trânsito. Dados do hospital apontam que a maioria das vítimas são jovens. Além de Santarém, o HMS também atende os 21 municípios da região do Baixo Amazonas.

Veja os dados abaixo com o número de pessoas vítimas de acidentes de trânsito que deram entrada no HMS de janeiro a abril desse ano.

Atendimento de vitimas de acidentes de Trânsito no HMS
Dados de Janeiro a Abril de 2018.
  • Acidente Moto: 80,27 %
  • Acidente Carro: 9,75 %
  • Acidente Ciclista: 2,95 %
  • Acidente Atropelamento: 2,04 %
  • Acidente não Especificado: 2,27 %
  • Acidente entre Carro e Moto: 2,72 %

* Com informações do HOSPUB / HMS

Continue lendo
Ad
Comentários

Pará / Santarém

Pessoas com câncer e renais crônicos ganham gratuidade nos ônibus de Santarém

Publicado

em

Foto: Mauro Nayan

O prefeito de Santarém Nélio Aguiar sancionou nesta segunda-feira, 21, Projeto de Lei – de autoria do próprio Poder Executivo – que institui o passe livre com gratuidade nas passagens de ônibus para os doentes renais crônicos e com câncer, comprovadamente carentes no Município. A gratuidade será oferecida em todos os dias e horários da semana, sem limite diário de viagens.

“O nosso principal objetivo nesta gestão é cuidar das pessoas que vivem em Santarém. Essa lei vem justamente para isso, dar um pouco mais de conforto e facilidade de locomoção para esses pacientes que já enfrentam uma rotina difícil”, argumentou o gestor.

O PL foi enviado para apreciação da Câmara de Vereadores no final de 2017. Agora, sancionado, a iniciativa do executivo será de responsabilidade da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT). A instituição do passe livre só será efetuada mediante apresentação de documentos e laudo médico emitido por especialista, contendo indicações sobre a doença.

Documentos necessários:
• Certidão de nascimento ou outro documento de identidade;
• Fotografia 2×3
• Comprovante de residência no Município, devidamente atualizado;
• Laudo médico obtido por especialista contendo indicações sobre a doença e CID – 10;
• Relatório social ou Cadastro Único emitido pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social do Município.

A lei esclarece ainda que são considerados doentes renais crônicos: portadores diagnosticados com moléstia renal grave com prescrição contínua de diálise e hemodiálise e transplantados renais. Consideram-se pacientes com câncer os portadores da neoplasma maligna.

Continue lendo
Ad

Facebook

Brasil

Ad

Mundo

Mais Vistas