Conecte-se conosco

Ciência

Cientistas desvendam o mistério da construção das pirâmides

Publicado

em

Cientistas sabem quais foram os métodos utilizados pelos egípcios para transportar os blocos de pedra de muitas toneladas do sul ao norte do país para construção das grandes Pirâmides de Gizé, disse em entrevista ao jornal árabe Asharq al-Awsat o famoso arqueólogo Zahi Hawass.

Há pouco, o jornal Daily Mail publicou um artigo sobre um grupo de arqueólogos ter descoberto o mistério da construção das pirâmides com ajuda de um papiro antigo. O documento descreve em detalhes o modo usado pelos egípcios há mais de 4.600 anos para transportar blocos pesados de granito e calcário a longas distâncias [mais de 800 km: de Assuã no sul do Egito até Gizé para construir a grande Pirâmide de Quéops]. Por exemplo, no papiro está escrito que foram usados canais especiais de água para transporte dos blocos.

Segundo Hawass, não há nada de novo nesta “descoberta”.

“O transporte era realizado do porto especial no local da exploração da pedra em Assuã em barcos de madeira que iam pelo Nilo, e depois pelos canais de construção até o porto especial perto das pirâmides”, disse ele.

O complexo das Pirâmides de Gizé está situado na margem ocidental do Nilo ao lado do Cairo. As três pirâmides mais conhecidas do mundo têm aproximadamente 4,5 mil anos de idade: Quéops, Quéfren e Miquerinos.

Continue lendo
Comentários

Ciência

Museu Nacional do Rio é considerado o 5º maior do mundo em acervo

Publicado

em

Foto: Reprodução / Facebook / Museu Nacional

Destruído em um incêndio de grandes proporções neste domingo (2), o Museu Nacional do Rio de Janeiro era considerado o 5º maior museu do mundo em acervo.

O local abrigava mais de 20 milhões de peças, entre elas o mais antigo fóssil humano já encontrado na América, que foi batizado de “Luzia”. O fóssil tinha cerca de 12.500 a 13.000 anos e integrava a coleção de Antropologia Biológica. Tudo foi destruído pelas chamas.

O Museu Nacional integra o Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro e é vinculado ao Ministério da Educação. A instituição foi criada por D. João VI, em 6 de junho de 1818.

Na foto acima, está HORI – Múmia do sacerdote do Templo do deus Amon em Karnak (atual Luxor). III Período Intermediário, XXI-XXVI Dinastias (Cerca de 1070-664 a.C.). Origem provável: Tebas Ocidental. Essa múmia estava em exposição no Museu Nacional.

Continue lendo
Ad

Facebook

Ad

Brasil

Mundo

Mais Vistas