conecte-se conosco

Saúde

Bebê sofre queimadura grave por carregador de celular e mãe faz alerta

Publicado

em

Após ver seu bebê de um ano e meio sofrer uma queimadura grave, a americana Courtney Davis resolveu fazer um alerta em seu Facebook a outros pais dos perigos que existem dentro de casa, com carregadores de celular.

A mãe conta que, em um momento de distração, a pequena teve uma queimadura muito grave ao colocar na boca o fio do carregador do celular que estava conectado à tomada, mas sem o celular na outra ponta. “Nós fomos ao médico e ele confirmou que se tratava de uma queimadura pela eletricidade do fio, que ela lambeu”, escreveu a mãe no post, segundo a revista Crescer.

“Demorou apenas alguns segundos para que ela fosse queimada. Ela nunca tentou colocá-lo na boca antes e ela nunca tinha mexido com isso. Pais, avós, babás: coloquem seus carregadores fora do alcance das crianças. Minha filha teve sorte, mas a próxima criança pode não ter tanta sorte quanto ela”, alertou Courtney.

Apesar da gravidade, a pequena passa bem.

Anúncio

Saúde

Adesivo que queima gordura pode virar realidade em breve

Publicado

em

Foto: Nanyag Technological University

Publicada na revista Small Methods, a invenção estimula a própria gordura do corpo para a queima através de um adesivo composto por microagulhas. Um experimento feito com ratos de laboratório mostrou que a técnica reduziu a massa gorda nos animais após o uso.

De acordo com o estudo, as microagulhas envoltas em uma cobertura adesiva aplicada sobre a pele fazem com que o corpo realize o processo ao liberarem uma substância capaz de transformar a gordura branca, responsável pelo ganho de peso, em gordura marrom, que ajuda na queima de energia.

Os cientistas afirmam que, com as microagulhas incorporadas na pele dos ratos, as gorduras ao redor começaram a se tornar marrom em cinco dias, o que ajudou a elevar o gasto energético dos roedores, levando à redução do ganho de gordura corporal.

Em quatro semanas, o método reduziu em 30% o ganho de peso nos animais testados.

Como consequência da redução do peso, os ratos que usaram os adesivos também apresentaram queda nos níveis de colesterol. Segundo os pesquisadores, o método pode ser considerado seguro, já que os adesivos já contêm a dose correta da substância a ser consumida pelo corpo.

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Brasil

Ciência

Mundo

Anúncio

Mais Lidas